2010-09-28

Um Anjo Na Terra

Sou um anjo. Eu sei, estou tão surpreendido como vocês. E não estou a falar do "és um anjo" insincero e monocórdico que as minhas colegas atiram uma ou outra vez quando são banhadas na luz, glória e magificência da minha presença profissional. Não. Um anjo a sério, com asas e isso. Pelo menos é a única explicação que encontro para, volta não volta, encontrar penas no chão do quarto.

Chego, assim, à conclusão que o meu destino é percorrer a terra em busca de males que precisem ser remediados e injustiças que necessitem ser corrigidas. Por isso vou ser uma espécie de Michael Landon, mas mais dedicado a causas que envolvam jovens de seios generosos porque, pá, sou anjo mas não sou parvo.

"Mas ouve lá", dizem vocês, recorrendo a uma familiaridade no trato de quem julga que está a falar com os putos lá da rua, "isso não será porque deixas as portas da varanda abertas e as penas dos pombos entram com a corrente de ar?" "Não", digo eu, "isso é estúpido."

64 Comments:

Blogger Gata das Botas said...

Olha, mas posso continuar a tratar-te pelo primeiro nome, não posso?

28/09/2010, 12:08:00  
Blogger AD said...

Claro que podes, Sara. Sónia. Susana. Sheila. Soraia.

28/09/2010, 12:13:00  
Blogger Gata das Botas said...

Obrigada, Papo. És um doce.

28/09/2010, 12:17:00  
Blogger AD said...

De nada, Sofia. Sandra. Sinderela.

28/09/2010, 12:22:00  
Blogger Gata das Botas said...

Oh, que fofo, a tratar-me como uma princesa.
Eu não mereço, a sério.




Mereço sim senhor!

28/09/2010, 12:27:00  
Blogger AD said...

Pá, ó Simone, se insisitires em me tratar por fofo eu serei obrigado a tratar-te por coração ou pudinzinho ou algo igualmente enjoativo.

28/09/2010, 12:40:00  
Blogger PWFH said...

Albino e Sibila? Queres ver que entrei num blog de alterne...

28/09/2010, 12:50:00  
Blogger Isa said...

Eu sou como tu, também vejo sempre uma explicação trancendente ao comum dos restantes mortais em tudo que me acontece. Na semana passada, estava um passaroco pacanino ali num espacinho do lado de fora da minha cave, onde tenho os estendais. Aquilo era mais pequenino que um periquito e tinha umas cores lindas de azul, coral e branco! mandava-se com a força dum kamizake contra a portada, de tal modo que o ouvi na sala onde estava, no 1º piso. Fui lá e achei que estivesse ferido. Surpreendentemente não estava, porque quando me viu desatou a esvoaçar e voava a altura que tem o
espaço onde se enfiou, portanto podia muito bem sair assim como entrou, não é? Depois pousou e ficou ali a olhar pra mim. Chamei uns senhores que me acodem nestas aflições (tenho senhores que me acodem em aflições), eles trouxeram uma gaiola pra o tirarem dali e percorrer a vizinhança a ver se aquela preciosidade pertencia a alguém. Não pertencia a ninguém daqui, nem ninguém conseguiu identificar a raça da bicho, nem mesmo aquele senhor que mora aqui mesmo à minha frente e tem uma colecção deles, todos muito bem acomodados em casinhas muito espaçosas.
Depois um dos senhores que o apanhou acabou por ficar com ele.

AD, da próxima vez que me vieres ao vinho, vem em forma de gente, sff, que assim ninguém te entende!

28/09/2010, 13:03:00  
Blogger Gata das Botas said...

Oh, não eras capaz. Não tinhas coragem.

28/09/2010, 13:13:00  
Blogger Vani said...

Ah. Eu ia a perguntar se não tinhas periquitos em casa, mas não quis estragar-te a idiossincrasia.

Oh, AD, quando é que o teu livro chega? a minha mesa de cabeceira já chora desesperada (é isso e é o estar a ler o Neuromante e me palpitar que no fim vou ter de o ler outra vez...porra...que geeKalhada...)

28/09/2010, 13:17:00  
Blogger AD said...

PWFH,
Nenhhum blog alterna mais que este. Normalmente entre a parvoíce e a estupidez.

Isa,
Achas que se me pudesse transformar em animal escolhia um passaroco amaricado? Só se fosse um ptero... petitpatap... pleti... dinossauro voador.

Sindi,
Dá-me uma razão.

Vani,
Qual dos meus livros queres que te mande? O Uma Aventura no Teatro ou Os Cinco e a Ilha do Tesouro?

28/09/2010, 13:40:00  
Blogger Gata das Botas said...

Isa,
um dia destes em passarinho também entrou pela minha sala adentro. E, bom, o que se seguiu não foi bonito...

28/09/2010, 14:33:00  
Blogger Gata das Botas said...

*um

28/09/2010, 14:34:00  
Blogger Gata das Botas said...

Anjinho,
dar, não dou, mas posso-te emprestar uma ou duas.

28/09/2010, 14:37:00  
Blogger AD said...

Obrigado, Sabrina, és uma quida.

28/09/2010, 14:43:00  
Blogger Gata das Botas said...

oh, tu é que és.

28/09/2010, 14:54:00  
Blogger grassa said...

Desde que não te vistas todo de branco e andes sempre com uma ventoinha atrás para te esvoaçar as roupas e não cantes baladas de ir ao próprio cu, por mim podes ser um anjo à vontade.

28/09/2010, 14:56:00  
Blogger AD said...

Tudo bem, não canto, mas também não vou deitar fora os cinco pares de calças de linho, pá.

28/09/2010, 15:02:00  
Blogger AD said...

Não, Suri, tu é que és, princesa.

28/09/2010, 15:03:00  
Blogger Gata das Botas said...

Não, tu! Tu, bunny.

28/09/2010, 15:06:00  
Blogger AD said...

Não, não, tu é que és, Samanta (Samantha?), seu cupcake de framboesa polvilhado daquelas coisas açucaradas às cores cujo nome não sei mas que neste caso serve para ilustrar o quão fofinha és.

28/09/2010, 15:13:00  
Blogger Gata das Botas said...

Está bem, ganhaste. Eu é que sou!

28/09/2010, 15:17:00  
Blogger AD said...

Vês como aprendeste onde é o teu lugar, Solange? Um educador, é o que eu sou.

28/09/2010, 15:21:00  
Blogger Gata das Botas said...

Um educador e peras!

Ou bigode, não sei como estás agora.

28/09/2010, 15:30:00  
Blogger Vani said...

Oh. E eu a pensar que o Neuromante é teu.

Pfff.

Anjo da treta.

28/09/2010, 20:36:00  
Blogger tiagugrilu said...

Eu também não acho que seja dos pombos. Tens é que largar esse hábito de sodomizar a almofada.

29/09/2010, 10:21:00  
Blogger AD said...

Nesse caso, se calhar, também devia de deixar de sodomizar o Duffy. O blusão e o pato.

29/09/2010, 11:13:00  
Blogger Nawita said...

AD,
Faz todo o sentido. O que o Grilu disse, o teu comentário seguinte, acrescento o edredon de penas. Seres anjo também.
Então vai ser “um anjo na terra” mas com mais explosões, momentos embaraçosos, guitarradas, minis e pastéis de bacalhau?
Quem é o teu sidekick?

29/09/2010, 11:38:00  
Blogger AD said...

Sim, isso tudo mas com croquetes em vez de pastéis de bacalhau.

Ainda não tenho sidekick, mas como tem que ser um gordo de barba estava a pensar no pai do satélite português.

29/09/2010, 11:45:00  
Blogger Nawita said...

Estou a ver que a tua série tem um orçamento muito limitado.
Croquete é coisa de pobre e tem recheio duvidoso.

Esquece o inventa satélites,não o consegues pagar.

29/09/2010, 11:58:00  
Blogger AD said...

Nem tão pouco lhe consigo pegar.

29/09/2010, 11:58:00  
Blogger Nawita said...

:D

então tu, anjo, não fazes truques?
levas o tipo a levitar.

29/09/2010, 11:59:00  
Blogger AD said...

Pá, sou anjo, não sou nem o Luís de Matos nem uma grua.

29/09/2010, 12:07:00  
Blogger Nawita said...

Não percebo. Vais mesmo andar, de terra em terra, a resolver os problemas das mamalhudas, sem recorrer à magia? ou "poderes"?
sabes que vais andar tão ocupado, no final elas ainda se agarram ao sidekick.

29/09/2010, 12:18:00  
Blogger AD said...

Sim, vou usar poderes, mas não são mágicos. Parecem, mas não são.

29/09/2010, 12:50:00  
Blogger Nawita said...

é uma cena de fé?

29/09/2010, 13:03:00  
Blogger AD said...

Deve ser, porque nessas alturas o nome do Senhor é invocado muitas vezes.

29/09/2010, 13:06:00  
Blogger Gata das Botas said...

Então deve ser por isso que dizem que a religião é o ópio do povo...

29/09/2010, 13:08:00  
Blogger AD said...

Estás a dizer que eu sou uma droga? Mas tipo "you are the perfect drug, the perfect drug, the perfect drug" ou tipo "puxa cara, 'cê é uma droga, viu"?

29/09/2010, 13:12:00  
Blogger Gata das Botas said...

Isso é uma tricky question?

29/09/2010, 13:15:00  
Blogger AD said...

Porque é que havia de fazer uma pergunta de Trip-Hop?

29/09/2010, 13:18:00  
Blogger Gata das Botas said...

Para variares um bocado das perguntas de rock industrial.

29/09/2010, 13:20:00  
Blogger Vani said...

o_O hoje não vos percebo. A sério. Sodomizar almofadas mamalhudas num sidecoiso que dança trip trop?...

29/09/2010, 14:15:00  
Blogger Vani said...

Anjo, traz os teus poderes que parecem ser mágicos até aqui e rebenta com a minha vizinha de baixo. Faxavor. Até estou a pedir com jeitinho e tudo.

29/09/2010, 14:16:00  
Blogger Vani said...

É só para ela parar de arrastar móveis e cadeiras como se não houvesse amanhã. Que é para o chavalo cá de casa parar de agarrar nos meus sapatos e foder o chão todo a reclamar.

29/09/2010, 14:17:00  
Blogger AD said...

Eia, a piada javardola que eu agora fazia com essa de rebentar com a tua vizinha... mas infelizmente agora estou ocupado.

29/09/2010, 15:43:00  
Blogger Nawita said...

As moças vão dar saltos de fé, AD?


Vani,

mas está a arrastar moveis agora? ou à noite?
se é durante a noite, chama a policia. ou podes, tu e o teu jove, arrastar móveis, para ela aprender.

29/09/2010, 15:45:00  
Blogger tiagugrilu said...

Rebentar com a vizinha? Então e "agarrar nos meus sapatos e foder o chão todo"?

- Isto há fetiches mesmo marados, pá.

30/09/2010, 10:33:00  
Blogger AD said...

E depois nós é que somos degenerados, só por gostarmos que as gajas se vistam de Noddy.

Nawita,
Sim, às vezes até saltam.

01/10/2010, 12:14:00  
Blogger Nawita said...

é o espírito a entrar nelas, o "senhor", enfim é o que dizem.
isso é muito saravá meu pai!
és evangélico, para além de anjo?

noddy?
mas os homens são todos uns pederastas, bichonas, não assumidos?
desculpem, noddy é para lá do marado.

01/10/2010, 12:20:00  
Blogger Gata das Botas said...

O Noddy é bater no fundo.
Mas, enfim.

01/10/2010, 12:22:00  
Blogger AD said...

Evangélico? Não, nunca fiz parte dos DZRT.

01/10/2010, 12:36:00  
Blogger Nawita said...

Se não fosse tão tímida e não tivesse medo de ser mal interpretada, fazia uma piada com a palavra dessert, tu, e outras coisas igualmente deliciosas.

Então, também já sentiram a chegada do Outono, aí na capital?

01/10/2010, 12:41:00  
Blogger AD said...

Se gostares de entrecosto, sim, devo ser delicioso. Pelo menos as minhas colegas estão sempre a dizer que sou um grande porco.

Se o Outono é caracterizado por rajadas de vento que quase me viram o bólide ao contrário, então sim.

01/10/2010, 12:55:00  
Blogger Nawita said...

olha, estive no entrecosto da BMW, vi lá máquinas formidáveis.

devolve o carro ao Noddy.

01/10/2010, 13:06:00  
Blogger A said...

Este comentário foi removido pelo autor.

01/10/2010, 17:00:00  
Blogger A said...

a minha professora de português tinha a mania que os alunos tinham de ser criativos, então mandavam-nos escrever histórias. uma delas era sobre ti, e eu nunca soube.

o artista era um anjo de nome Guiel, que com a sua carabina despachava os gajos que eram maus. lembro-me que a história começava em media res, com o anjo a despachar um gajo que tinha deitado uma lata de pepsi para o caixote do lixo em vez de a colocar no ecoponto amarelo.

a professora não gostou. suponho que fosse por ser muito moralista.

01/10/2010, 17:10:00  
Blogger AD said...

Fónix, eu quero ler essa história, pá. Vai lá procurar os cadernos.

01/10/2010, 17:55:00  
Blogger tiagugrilu said...

Também eu, pá. Isso era assim uma espécie de Um Anjo na Terra mas com influências d'Os Lusíadas, do Tampinhas e do Charles Bronson, não era?

07/10/2010, 16:07:00  
Blogger grassa said...

tiagu, se o André publicar, eventualmente, essa história em livro, eu quero ver o que acabaste de dizer na contracapa do livro.

07/10/2010, 17:38:00  
Blogger A said...

por acaso não tenho o caderno. mas tenho em vista fazer uma novela gráfica com isso. logo a seguir às aventuras do Homeme Insulina, Dinis Traçado e logo a seguir esse, que vou passar a chamar ADemencial.

08/10/2010, 13:22:00  
Blogger Vani said...

LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL

uma pessoa entra aqui com vontade de se rebentar toda no meio do parlamento e sai daqui só com vontade de enfiar umas murraças no sócretino.

Ele agradece!! O povo é que já não sei!!

11/10/2010, 22:31:00  
Blogger Vani said...

E além dos arrasta móveis temos o cabranito de um puto que faz corridas de mota todas as noites na avenida frente ao nosso prédio e sempre na mesma mota, fazendo sempre o mesmo barulho, e irritando sempre do mesmo modo o meu jove.

Já tive de esconder os sapatos todos.

11/10/2010, 22:33:00  
Blogger Vani said...

É que ele um dia, lixado que estava com a gaja, pegou num sapato meu e PUM PAM PUM PAM PUM com o salto no chão. O sapato é de tacão, ficou inteiro (obrigada por perguntarem). O chão ficou com um buraco.

11/10/2010, 22:34:00  

Enviar um comentário

<< Home