2010-04-09

A insustentável leveza do ser

Uma colega minha contou-me que certa vez caminhava na rua, juntamente com o marido, em plena luz do dia, quando foram abordados por um senhor que, com o ar mais calmo do mundo e um sorriso, lhes pediu as carteiras e os relógios. Ah, e também tinha uma seringa. Um ar calmo, um sorriso e uma seringa alegadamente contaminada. Ela diz que nunca teve tanto medo na vida como nesse dia.

Outro colega nosso, nascido na Serra Leoa, resgatado em idade adolescente à guerra civil do seu país por uma organização humanitária, diz que toda a infância dele foi um festival de horrores.

"Isso não é nada", disse eu. "Eu uma vez andei de elvador com o Fernando Mendes. Ganhei!"

Sim, eu sei, estão agora a dizer "que estupidez, pá", mas pensem nisso. Não só não existem, excepção feita a algumas gruas, máquinas capazes de elevar tamanho peso em segurança - colocando-me por isso em sério risco de mergulhar para a minha morte - como ele não é menino para passar mais de dois ou três minutos sem comer qualquer coisa. Se por alguma razão o elevador encravasse ele reverteria ao canibalismo num piscar de olhos. Caramba, estou convencido que ele o faria até se as portas demorassem muito tempo a abrir. E, modéstia à parte, banhado por uma luz suave e ao som de Kenny G eu até tenho um ar bastante apetitoso.

Escapei de boa, é o que eu vos digo.

29 Comments:

Blogger grassa said...

O Fernando Mendes não é o sétimo planeta do sistema solar que apresenta o Preço Certo?

09/04/2010, 14:51:00  
Blogger PWFH said...

Já teres conseguido entrar no elevador é algo de façanhoso!

09/04/2010, 15:10:00  
Blogger AD said...

Foi por causa dele que despromoveram Plutão.

09/04/2010, 15:14:00  
Blogger grassa said...

Ya.

Plutão agora deve estar a fazer trabalho de secretária atrás de uma via láctea qualquer.

09/04/2010, 15:17:00  
Blogger AD said...

Ou numa caverna, a engendrar alegorias.

09/04/2010, 15:24:00  
Blogger Isa said...

Acho incrível que vocês, seus energúmenos, se ponham agora aqui a difamar planetas que não estão presentes pra se defenderem!

E quando fazem surpresas ao Fernando e ele se põe a chorar, não é de se questionar sériamente o código genético do rapaz? um filme de terror!



Olha, ó AD, lá em baixo quando me chamaste dama de copas aquilo soou-me a insulto! exijo explicações.




sff.

09/04/2010, 15:33:00  
Blogger A said...

plutão não chegou a apresentar a roda da sorte? nunca mais se ouviu falar dele.

09/04/2010, 15:41:00  
Blogger AD said...

Foi um lapso da minha parte, peço desculpa. De facto copas são o naipe do clero e o que eu te queria chamar era "dama de espadas", que representam a nobreza.

09/04/2010, 15:43:00  
Blogger AD said...

A,
Acho que estás a pensar na Rute Rita, não no Plutão.

09/04/2010, 15:44:00  
Blogger Isa said...

Há algum naipe que represente dois chapadões no trombil?


Ó PWFH! tu é que parece que percebes destas coisas ... há?

09/04/2010, 15:51:00  
Blogger PWFH said...

Paus, obviamente! ... Pau pau

09/04/2010, 15:54:00  
Blogger A said...

por acaso essa tinha mais ar de pluta.

09/04/2010, 15:55:00  
Blogger AD said...

Isa,
Estás a compreender-me mal. Eu chamei-te dama e não dáma. Como em "dama de honor" e não "com'é dáma, tásse?"

09/04/2010, 16:13:00  
Blogger Isa said...

LOL


só um, mas de coração, AD.

Pau pau não é o naipe dos balázios?

09/04/2010, 16:20:00  
Blogger PWFH said...

Não Isa, o dos Balázios é o "pau pau, queijo queijo".

09/04/2010, 16:29:00  
Blogger AD said...

Sempre pensei que fosse "coxa coxa, pau pau".

09/04/2010, 17:17:00  
Blogger grassa said...

Pau, pau, Maria.

09/04/2010, 17:38:00  
Blogger Isa said...

pauquê?

qué que eu fiz?

09/04/2010, 17:50:00  
Blogger Vani said...

Ai jasus, a insustentável e adorável tendência para desviar a conversa do cerne da questão.

Não se esqueçam de Nibiru.

Nem do 12º Planeta.

Mmm...é melhor esquecerem...

09/04/2010, 18:25:00  
Blogger Nawita said...

Caramba homem, que vida excitante que tu levas!
Perigo é a tua profissão!


(Relato excelente, agora o Kenny G. era escusado pá.)

12/04/2010, 15:09:00  
Blogger tiagugrilu said...

Estive o post quase todo a pensar que te referias a este gajo:

http://www.youtube.com/watch?v=XXzzIYvbyok

12/04/2010, 16:16:00  
Blogger tiagugrilu said...

Estive o post quase todo a pensar que te referias a este gajo:

http://www.youtube.com/watch?v=XXzzIYvbyok

12/04/2010, 16:17:00  
Blogger Vani said...

esse era o henrique mendes, grilu. RIP.

12/04/2010, 20:43:00  
Blogger Isa said...

E era um homem bonito e excelente profissional,pá.



Ó AD, acabaram-se os tremoços!

13/04/2010, 10:28:00  
Blogger Isa said...

E os caracóis! também se acabaram os caracóis.



...porta aberta, frigorífico vazio, sala cheia de pó, manchas suspeitas nos sofás, restos de comida pelo chão, confettis ...


huuuuummmmm... aqui há gato.

14/04/2010, 13:40:00  
Blogger Gata das Botas said...

Desculpa, Isa, mas desta vez estou inocente.






E das outras também.

14/04/2010, 17:12:00  
Blogger Isa said...

Nem sequer en passant?

hummmmmm....

14/04/2010, 18:26:00  
Blogger AD said...

Isa,
Há certas e determinadas pessoas que pensam que só porque me pagam um ordenado podem exigir-me que trabalhe durante o horário de expediente, esses bandidos. Daí não ter tido tempo de limpar isto. Por isso e por ser porco. Mas mais por ser porco.

A propósito: isso não são confettis, é caspa.

14/04/2010, 19:31:00  
Blogger Isa said...

Os camelos!
Ias ao tribunal de trabalho e punhas-lhes um processo em cima, que isso de andarem a brincar com o tempo de lazer que um trabalhador usa em horário de expediente ... tá mal!
acho até que é anticonstitucional,mas não tenho a certeza.
Mas tenho quase. Depois eu digo.

eh eh eh

tu tens caspa às cores?

eh eh eh eh

tu és engraçado ...

eh eh eh eh eheh

e porco! mas engraçado
eh eh eh

(estava aqui um cigarro e eu fumei)

AD! estás a brilhar!


UAU

14/04/2010, 20:15:00  

Enviar um comentário

<< Home